Seguir por Email

domingo, 18 de fevereiro de 2018

POSIÇÃO DO SENSOR DE VOLTA ALTERA RESULTADO?

Li a notícia abaixo no portal G1, dentro do Globo (Futebol) Esporte e vi o vídeo da chegada:


A reportagem aponta uma diferença de 0s000 e diz que o resultado foi decidido no photofinish. Visualmente a diferença é escandalosa, faz parecer que a cronometragem é bem débil, assim como uma boa parte das matérias de esporte que não tratam de vinte dois caras correndo atrás de uma bola. 

Na minha total falta do que fazer, além de um caminhão de imagens que tenho a melhorar aqui, editei o vídeo em câmera lenta e vi a mesma diferença da foto. Pensei que fosse ler algo sobre essa enorme diferença visual no final da matéria, mas não.

Fiz umas contas aqui e vi que se o carro estiver a 280 km/h ele percorre 7,77 cm a cada milésimo de segundo. Certamente a diferença visual ultrapassa isso em muito, talvez mais que o dobro disso, o que descartaria a margem tolerada, a que ficaria abaixo dos milésimos de segundo.

Talvez a diferença no local de fixação do sensor no carro provocou o empate. Ou o sensor do carro de número 9 estava mais para trás ou o do carro de número 1 estava mais para a frente do que deveria. 

Quem sabe alguns centímetros a mais na diferença do sensor, uns oito ou nove, e o carro de número 1 acabasse vendendo por 1 milésimo de vantagem no cronômetro.

Como "se" não vence absolutamente nada, segue o vídeo editado pelo desocupado:



domingo, 3 de julho de 2016

"DEVAGAR, O TEMPO TRANSFORMA TUDO EM TEMPO..."

Vídeos de corrida sempre guardam histórias que eles não costumam contar.

09 de junho de 2012. Classificação da 6a etapa do Marcas e Pilotos Paulista.

Há quatro anos e pouco mais de um mês eu fazia minha última, ou mais recente, corrida com a equipe Arias de São Paulo.

Na época, ao separar os vídeos da etapa eu editei os da corrida e não liguei para o da classificação. Editar vídeo de classificação, mesmo tendo sido o pole, nunca tem a mesma graça que editar um vídeo de corrida.

Publiquei o vídeo da primeira corrida e o da segunda corrida daquele final de semana logo no início da semana seguinte à etapa. Fui pole e fiquei em segundo lugar nas duas provas.

No meio da semana após a corrida, ou na outra, não me lembro bem, veio a desclassificação técnica do motor que usei na segunda prova.

Retirei o vídeo da segunda prova do YouTube e enviei por sedex para a Federação Paulista o troféu e o espumante referentes ao segundo lugar conquistado na segunda prova.

A classificação e a primeira corrida não haviam sido realizadas com o motor desclassificado, logo estavam valendo.

A desclassificação técnica daquele final de semana, a primeira e única que experimentei, me marcou com uma surpresa que logo virou tristeza.

Naquele momento estranho e meio que de despedida da equipe ou da categoria - não sabia se iria parar de correr por ali mesmo - eu editei o vídeo da classificação no mês seguinte ao da corrida, enquanto definia parar ou continuar.

Aproveitei parte do poema de José Luiz Peixoto na voz do Antônio Abujanra, um esquerdista que eu gostava de acompanhar, a música Sorrow - nomezinho bem apropriado - do Pink Floyd e fiz um dos vídeos que eu mais gosto e que até hoje não me canso de assistir.

Segue o bichão aí:



Nos treinos da etapa teve também essa foto bacana tirada pelo Jackson.

"Devagar, o tempo transforma tudo em tempo. O ódio transforma-se em tempo. O amor transforma-se em tempo. A dor transforma-se em tempo. Os assuntos que julgamos mais profundos, mais impossíveis, mais permanentes e imutáveis transformam-se devagar em tempo. Mas, por si só, o tempo não é nada, a idade não é nada, a eternidade não existe."

terça-feira, 17 de maio de 2016

E O GUIGUI VENCEU NO CORSA ARIAS QUE UM DIA FOI UM 18 CAMPEÃO

Deu vontade, vou escrever para as paredes. Elas bem me representam.

Interlagos - Marcas e Pilotos SP - 5a Etapa - 15 de maio de 2016.

PQP para essa corrida do meu amigo Guigui no Corsa que me deu as maiores alegrias nas pistas.
Fiquei emocionado aqui com as últimas voltas e com sua chegada. Muito bom ver a tocada do Guigui e as respostas do ex-18.

Tô precisando achar o caminho do tesouro novamente e voltar logo pressa porra.



Em tempo:
Mas que cagadas do Edgard Amaral 27 na freada do S do Senna e do Gustavo Mascarenhas 87 para cima do Pedro Pimenta 51! E quem nunca... E no mesmo dia Lewis Hamilton e Nico fizeram pior na Espanha.
Foto: Claudio Kolodziej
E o Pimenta se virou legalzão para não dar merda pro lado dele, depois do toque que levou.

ps. Comentários serão rasgados. Perde tempo com saporra não.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

UM ANO E MINHAS PAREDES

Amanhã completará um ano que fiz meu último post por aqui. Acredito que agora posso falar `a vontade com as paredes.

Enfim, sós!

- Ei, parede;
- Fala, Roscoe bostão;
- Pois é, o que eu poderia dizer para você, grandiosa e esplendorosa parede, depois de um ano afastado dessa jossa?
- Diga que tá com vontade de cagar e suma por mais um ano;
- Tá bem, vou cagar.